Voltar para a tela anterior.

Edson da Rosa avalia eleições e procedimentos para o fechamento do Postão 24 Horas


O vereador acredita que a maior preocupação será o atendimento dos pacientes, em outras instituições de saúde


A partir da tribuna do Legislativo caxiense, o vereador Edson da Rosa/MDB falou sobre a passagem do pleito eleitoral, que contou com a candidatura de dez vereadores caxienses. Ele agradeceu pelos 10.342 votos, obtidos nas urnas para deputado estadual, mas considerou a redução de tempo e o investimento prejudicial às campanhas, visto que são necessários serviços e gastos com pessoal, folheteria e deslocamento. Na mesma linha, disse torcer para que as medidas políticas, tomadas daqui pra frente, fossem benéficas para o país.

O emedebista também destacou a reunião, realizada na tarde de ontem, entre Executivo e Câmara Municipal, para esclarecer os procedimentos de reformas, no Pronto Atendimento (P.A.) 24 Horas, o Postão. O parlamentar questionou o planejamento, apresentado pela Prefeitura. Além disso, cobrou o cumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta. Segundo ele, alguns passos foram fundamentais para a assinatura do termo: a comunicação prévia à população e aos funcionários, além do atendimento garantido para a comunidade.

Edson disse acreditar que nenhum convênio foi feito com os hospitais do município, para que a demanda do Postão fosse migrada para outras unidades de saúde. Para ele, as maiores preocupações estão nas ações tomadas de última hora, como a transferência de servidores públicos.

A vereadora Paula Ioris/PSDB considerou a reforma necessária. De acordo com ela, o fechamento da unidade se torna compreensível, quando analisados os termos do projeto. Alertou, porém, que a falta de leitos hospitalares e o não atendimento psiquiátrico são comuns na Unidade de Pronto Atendimento (U.P.A.) da Zona Norte e nos Centros de Referência de Assistência Social. Para garantir o serviço de qualidade aos usuários que serão transferidos do P.A., a tucana sugeriu o acompanhamento direto da Comissão de Saúde e Meio Ambiente, presidida pelo vereador Renato Oliveira/PCdoB.

11/10/2018 - 11:47
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a): Fábio Rausch - MTE 13.707
Redator(a): Karine Zanardi

Ir para o topo