Voltar para a tela anterior.

Edson da Rosa destaca que handebol para surdos tem competição mundial em Caxias do Sul


O evento está na segunda edição e conta com 320 atletas de diversos países


O Brasil será sede do 2º Campeonato Mundial de Handebol de Surdos. O evento esteve em pauta, durante o pronunciamento do vereador Edson da Rosa/MDB, na sessão ordinária desta quinta-feira (12/07). A competição ocorre de 13 a 21 de julho, sendo que todos os jogos serão realizados na Universidade de Caxias do Sul (UCS).

Cerca de 320 atletas participarão da competição, de acordo com o emedebista. Além dos brasileiros, atletas de Camarões, Costa do Marfim, Croácia, Dinamarca, Equador, Gana, Quênia, Rússia e Turquia devem trazer suas delegações para o evento.

A partir da tribuna, o vereador Edson fez a leitura de um voto de congratulações, homenageando a Seleção Brasileira de Handebol de Surdos. O texto ressalta que a competição é um marco para a sociedade surda, oportunizando a inclusão e tornando irrestrita a prática das atividades esportivas. O voto também deverá ser redigido em inglês e será entregue para cada delegação.

O parlamentar fez uma saudação especial ao técnico da equipe feminina da Seleção Brasileira, Gabriel Citton; ao técnico da equipe masculina da Seleção Brasileira, Rafael dos Santos; ao presidente da Confederação Brasileira de Desportos para Surdos (CBDS), Gustavo Perazzolo; ao diretor técnico de handebol do Comitê Internacional de Esportes para Surdos, Johnny Gustavsson; ao atleta caxiense Leandro Golin; ao árbitro Denilson Vencato.

Para a equipe do campeonato que esteve no plenário da Câmara Municipal, foi entregue um kit com o livro Democracia, Memória e Cidadania: 125 anos do Poder Legislativo em Caxias do Sul, organizado pelos jornalistas Fábio Rausch e Paulo Cancian e pelo historiador Eduardo Reis.

A segunda edição do campeonato conta com as categorias masculina e feminina e é organizado pela Confederação Brasileira dos Surdos e promovido pelo Comitê Internacional de Esportes para Surdos. Possui, ainda, a parceria da UCS e o apoio da comunidade surda caxiense. A primeira edição ocorreu em Samsun, na Turquia, no ano de 2014. A comunidade poderá assistir aos jogos gratuitamente. Apenas é solicitada a doação de um quilo de alimento não perecível.

12/07/2018 - 15:44
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a): Fábio Rausch - MTE 13.707
Redator(a): Franciele Masochi Lorenzett

Ir para o topo