Voltar para a tela anterior.

Meneguzzi sugere balanço adaptado em praças e parques


Ideia é da Associação de Moradores do bairro Santa Lúcia, pioneira no uso do equipamento


O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) protocolou na manhã desta terça-feira (05/12) ofício e indicação à Secretaria Municipal do Esporte e Lazer sugerindo a implantação de um balanço acessível, para crianças com deficiência, em parques e praças de Caxias do Sul. A ideia foi trazida ao parlamentar pelo presidente da Associação de Moradores do Bairro Santa Lúcia, Gilfredo De Camillis, pioneiro na instalação da plataforma.

Em agosto deste ano, a Amob Santa Lúcia, em parceria com a Escola Municipal de Ensino Fundamental Arnaldo Ballvê, colocou o equipamento à disposição da comunidade. “A intenção é nobre e muito inspiradora, porque abre os horizontes da criançada e lhes dá um espaço, mesmo que singelo, para brincar ao ar livre. Sabemos o quanto uma deficiência limita, mas precisamos pensar numa cidade com o mínimo de acessibilidade”, justifica Meneguzzi.

No documento, o parlamentar cita a viabilidade de parcerias com a União das Associações de Bairros (UAB) e com as associações de moradores de cada bairro ou loteamento. “Temos a certeza de que, se o Executivo chamar as lideranças comunitárias para mostrar esse projeto que ajuda as crianças e jovens, as associações irão se unir e contribuir”, afirma.

A sugestão já foi dada ao coordenador de Acessibilidade do município, Tibiriçá Maineri, que demonstrou interesse pela implantação de brinquedos acessíveis em algumas áreas públicas. “A ideia de protocolar esse documento na Semana Municipal da Acessibilidade é justamente para chamar a atenção de que é possível, sim, dar o mínimo de condições para as crianças e jovens cadeirantes. E isso não se limita a balanços e carrosséis, mas às calçadas, rampas e demais acessos sobretudo aos prédios públicos e passeios da cidade”, finaliza Alberto Meneguzzi.

 

05/12/2017 - 16:54
Gabinete do Vereador Alberto Meneguzzi/PSB
As matérias publicadas neste espaço são de total responsabilidade dos gabinetes dos vereadores.

Ir para o topo