Voltar para a tela anterior.

Prefeito, vice e os 23 vereadores desta XVII Legislatura são empossados na Câmara Municipal


Cerca de 300 pessoas prestigiaram o ato da tarde deste domingo, no plenário do Parlamento caxiense


A XVII Legislatura (2017-2020) de Caxias do Sul, com o prefeito Daniel Guerra e o vice Ricardo Fabris de Abreu e os 23 vereadores eleitos para este quadriênio foram oficialmente empossados, em sessão solene da Câmara Municipal. O ato aconteceu na tarde deste domingo (1º/01), diante de um plenário lotado por cerca de 300 pessoas. Vereador mais idoso da Casa, com 69 anos de idade, Flavio Cassina presidiu a cerimônia.

Com início às 15h29min de hoje, a sessão solene contou com os respectivos juramentos de Guerra, Fabris e dos 23 vereadores à Lei Orgânica do Município, a partir da tribuna da Câmara. Às 15h59min, como vereador de 6º mandato e decano desta nova Legislatura, Edio Elói Frizzo começou o seu pronunciamento de 11 minutos, em nome do Legislativo caxiense.

De acordo com Frizzo, apesar de divergências ideológicas, todos os eleitos para o atual período se encontram unificados no amor a Caxias. “Essa Casa legislará, fiscalizará e cobrará serviços públicos de qualidade, em favor dos que mais precisem. No conteúdo e na forma, a cidade que a população deseja tem que ser mais justa e democrática”, observou.

O vereador Frizzo considerou que a Prefeitura precisa ser aliada às demandas do setor produtivo. Na sua ótica, o gesto dialogará com a necessidade de o município repensar a sua matriz econômica, por meio da busca por novas formas de desenvolvimento. Lamentou a crise vigente, com desemprego e êxodo urbano, em Caxias. Também fez coro por um pacto federativo nacional, com reformas política e tributária.

O presidente da sessão ponderou para que a condução política local esclarecesse e defendesse o povo. “Prefeito, tentar agradar a todos é o caminho para o fracasso”, afirmou o vereador Cassina. Também ex-presidente da Casa em 2015, Cassina ressaltou o empenho da Câmara, nos últimos anos, em reduzir o custeio do Legislativo, com o equivalente a valores de um orçamento anual todo de devolução à Prefeitura, na última Legislatura (2013-2016).

Oito minutos foram utilizados pelo recém-empossado prefeito Guerra pronunciar-se, desde a tribuna até as 16h19min. Antecipou que, nos próximos dias, encaminhará ao Legislativo um projeto que prevê a extinção da chamada verba de representação de todos os cargos em comissão (CC) do Executivo. “Cortarei à metade o número de nomeações de CC. Peço o apoio dos vereadores, na aprovação dessa matéria. Os recursos poupados serão aplicados na abertura da unidade de pronto atendimento (UPA) da Zona Norte”, anunciou Guerra.

O prefeito Guerra disse acreditar que, atualmente, a voz da população aponta para saúde, educação e segurança, como prioridades. Entre outras pautas, o novo chefe da Prefeitura se comprometeu em diminuir gastos e filas de espera no atendimento das unidades de saúde, garantir atenção domiciliar a pacientes e vagas na Educação Infantil, fortalecer a Guarda Municipal.

Entre as autoridades que prestigiaram a sessão solene de hoje, estiveram os deputados federais Carlos Gomes-RS e Celso Russomanno, os deputados estaduais Sérgio Peres e Vinicius Ribeiro, o bispo emérito de Caxias do Sul, Dom Paulo Moretto, e o atual bispo diocesano da cidade, Dom Alessandro Ruffinoni, o promotor de Justiça Mauro Rocha de Porchetto, o comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM), major Jorge Emerson Ribas, o presidente local da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC), Nelson Sbabo. A execução dos hinos Nacional Brasileiro e de Caxias do Sul ficou com a soprano Maristela Carneiro e a pianista Wagner Maciel.

 

Os 23 vereadores de Caxias do Sul desta XVII Legislatura (2017-2020):

1) Neri, O Carteiro (SD): 6.229 votos;

2) Paula Ioris (PSDB): 5.823 votos;

3) Adiló Didomenico (PTB): 5.481 votos;

4) Gladis Frizzo (PMDB): 3.975 votos;

5) Edson da Rosa (PMDB): 3.615 votos;

6) Rafael Bueno (PDT): 3.538 votos;

7) Denise Pessôa (PT): 3.312 votos;

8) Velocino Uez (PDT): 3.145 votos;

9) Chico Guerra (PRB): 3.133 votos;

10) Elói Frizzo (PSB): 2.718 votos;

11) Renato Oliveira (PCdoB): 2.425 votos;

12) Elisandro Fiuza (PRB): 2.419 votos;

13) Arlindo Bandeira (PP): 2.418 votos;

14) Paulo Perico (PMDB): 2.288 votos;

15) Felipe Gremelmaier (PMDB): 2.229 votos;

16) Rodrigo Beltrão (PT): 2.218 votos;

17) Alceu Thomé (PTB): 2.121 votos;

18) Edi Carlos Pereira de Souza (PSB): 1.998 votos;

19) Kiko Girardi (PSD): 1.985 votos;

20) Flavio Cassina (PTB): 1.973 votos;

21) Ricardo Daneluz (PDT): 1.919 votos;

22) Alberto Meneguzzi (PSB): 1.850 votos;

23) Gustavo Toigo (PDT): 1.790 votos.

01/01/2017 - 18:20
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a) e Redator(a): Fábio Rausch - MTE 13.707

Ir para o topo