Voltar para a tela anterior.

Programa para atendimento de pessoas com Transtorno do Espectro Autista é defendido pela vereadora Tatiane Frizzo

Parlamentar explicou os objetivos e as diretrizes da ação estadual


A vereadora Tatiane Frizzo/PSDB utilizou o espaço de Declaração de Líderes, durante a sessão ordinária desta quinta-feira (08/04), para abordar o decreto estadual que estabelece a Política de Atendimento Integrado à Pessoa com Transtornos do Espectro Autista (TEA), também chamada de programa TEAcolhe.

O programa foi anunciado pelo governo do Estado, na última segunda-feira (05/04), por meio de evento virtual. O TEAcolhe vai criar 30 Centros Regionais de Referência (CRR) e sete Centros Macrorregionais de Referência (CMR), com o objetivo de organizar e fortalecer as redes municipais de saúde, de educação e de assistência social no atendimento às pessoas com autismo e suas famílias.

“Ações como essa são de extrema necessidade. A vice-prefeita, Paula Ioris, demonstrou interesse em inscrever o município para receber este centro especializado. Há um esforço muito grande para que a cidade seja referência nesse serviço. Estarei atenta a essa pauta. Em breve, lançaremos a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos dos Autistas.”, salientou a vereadora, em seu pronunciamento.

Conforme o governo estadual, cada Centro Regional de Referência em TEA será destinado ao atendimento dos casos severos, graves e refratários da região, definidos por protocolo previamente estabelecido. As ações dos centros de referência em TEA poderão ser executadas, prioritariamente, por serviços públicos já existentes ou, de forma complementar, por instituições privadas, com expertise no atendimento às pessoas com autismo e suas famílias, sempre norteadas pelos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde, do Sistema Único de Assistência Social e do Sistema Nacional de Educação.

O governo do Estado investirá R$ 1,4 milhão na implantação dos sete centros macrorregionais. Isso envolve a compra de equipamentos e possíveis reformas na estrutura dos centros. Também disponibilizará R$ 350 mil mensais para o custeio dos sete centros. Para os 30 centros regionais, o valor disponibilizado será de R$ 600 mil mensais. O investimento total do governo do Estado no TeAcolhe será de R$ 950 mil mensais.

08/04/2021 - 13:29
Gabinete da Vereadora Tatiane Frizzo/PSDB
Câmara Municipal de Caxias do Sul

As matérias publicadas neste espaço são de total responsabilidade dos gabinetes dos vereadores.

Ir para o topo