Voltar para a tela anterior.

Aprovada a extinção das verbas de representação do diretor-geral e do chefe de Comunicação

Com vigência em 1º de janeiro de 2021, a matéria também mexe no quadro de cargos em comissão


Em sessão extraordinária desta quinta-feira (25/06), foi aprovado o projeto de lei 44/2020, de autoria da Mesa Diretora da Câmara, que extingue as verbas de representação do diretor-geral (80% do valor do vencimento, fatia que hoje corresponde a R$ 7.878,08) e do chefe da Assessoria de Comunicação Social (50% do valor do vencimento, fatia que hoje corresponde a R$ 4.424,57). A matéria também mexe no quadro de cargos em comissão (CCs) do Legislativo caxiense. Se for sancionada pelo prefeito municipal, a proposição entrará em vigor em 1º de janeiro de 2021.

A medida mexe na lei 6.207/2004, que trata do quadro de pessoal do Legislativo. É extinto um cargo de assessor técnico (CC-08), cujo salário básico atual está em R$ 8.849,13. Fica limitada a nomeação de auxiliares de bancada (CCs-07), com o básico de R$ 5.532,97, somente àquelas bancadas que possuírem, ao menos, três vereadores.

PROJETO DE LEI 44/2020 (votação):

ADILÓ DIDOMENICO PSDB Sim

ALBERTO MENEGUZZI PSB Sim

ALCEU THOMÉ PTB Sim

ARLINDO BANDEIRA PP Sim

CHICO GUERRA REPUB Ausente

CLAIR DE LIMA GIRARDI PSD Sim

CLOVIS DE OLIVEIRA PTB Sim

DENISE PESSÔA PT Sim

EDI CARLOS PEREIRA PSB Sim

EDSON DA ROSA PP Sim

ELISANDRO FIUZA REPUB Sim

FELIPE GREMELMAIER MDB Sim

GLADIS FRIZZO MDB Sim

GUSTAVO TOIGO PDT Sim

PAULA IORIS PSDB Sim

PAULO PÉRICO Sim

RAFAEL BUENO PDT Sim

RENATO OLIVEIRA PCdoB Sim

RICARDO DANELUZ PDT Presente

RODRIGO BELTRÃO PSB Sim

TATIANE FRIZZO PSDB Sim

VELOCINO UEZ PTB Sim

WAGNER PETRINI PSB Sim

25/06/2020 - 14:10
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a) e Redator(a): Fábio Rausch - MTE 13.707

Ir para o topo