Voltar para a tela anterior.

Rafael Bueno volta a constatar problemas em Unidades Básicas de Saúde

Precariedade no atendimento odontológico é uma das situações que reduz acesso da população


Apesar da promessa do município em melhorar o atendimento no sistema público de saúde por meio das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) - já que a entrega das reformas no Postão 24 Horas está atrasada há pelo menos cinco meses -, o vereador Rafael Bueno/PDT tem intensificado as vistorias nos estabelecimentos e constatado a precariedade, mesmo com o esforço dos servidores em manter o atendimento à população. Um dos principais problemas está no atendimento odontológico. 

Uma das situações foi percebida na UBS do bairro Jardim Eldorado em visita do pedetista na semana passada. Os usuários estão enfrentando muitas dificuldades no atendimento odontológico. O problema já havia sido exposto pelo vereador em fevereiro deste ano e reforçado durante nova vistoria, em março. Como o motor da cadeira odontológica está estragado, não estão funcionando as brocas e outros instrumentos para realizar as restaurações e demais procedimentos. Além disso, a regulagem de altura não fica estabilizada. O parlamentar também denunciou a precariedade nas paredes da sala de atendimento.

"A população do Eldorado está desde janeiro com atendimento prejudicado. Além dessa cadeira em más condições, o mofo se espalha pelas paredes do consultório dentário, como já denunciei, e nada foi resolvido. Então, é lamentável o prefeito Daniel Guerra priorizar reformas em seu gabinete no valor de R$ 50 mil e viagens atrás de dinheiro para fazer um mirante de quase R$ 800 mil no Parque dos Macaquinhos e a população ser preterida dessa maneira", lamentou Bueno. 

Outra UBS que está com atendimento comprometido devido à falta de infraestrutura odontológica é a do bairro São Victor Cohab, referência para pelo menos 30 mil pessoas. Em visita na manhã desta segunda-feira (12/08), o vereador constatou a incompetência da prefeitura em garantir o mínimo de condições para a realização de procedimentos dentários simples, como uma restauração, pela falta de manutenção nos equipamentos. O problema vem desde o começo deste ano e impede que o procedimento dentário seja feito 100% de acordo com as normas.

"São questões simples de resolver, mas falta vontade da prefeitura, prejudicando a população que muitas vezes precisa retornar para refazer os procedimentos", constatou o parlamentar, integrante da Comissão de Saúde do Legislativo.

12/08/2019 - 15:34
Gabinete do Vereador
Câmara Municipal de Caxias do Sul

As matérias publicadas neste espaço são de total responsabilidade dos gabinetes dos vereadores.

Ir para o topo