Voltar para a tela anterior.

Vereador Rafael Bueno e presidente do Senalba-Caxias vistoriam escolinhas infantis

Estabelecimentos foram visitados na tarde desta segunda-feira e problemas voltaram a ser encontrados


O vereador Rafael Bueno/PDT e o presidente do Senalba - Sindicato dos Empregados em Entidades, Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional de Caxias do Sul, Claiton Melo, vistoriaram escolinhas infantis credenciadas com o município na tarde desta segunda-feira (10/06). 

Em Forqueta, na Escola Aurora Milesi Rizzi, viram que as reformas prometidas pela prefeitura, após denúncias feitas pelo vereador ao Ministério Público, ainda no começo de 2018, não foram totalmente realizadas. Paredes e tetos da área externa apresentam infiltrações e rachaduras, e postes de madeira servem como vigas para dar sustentações. 

Na Escola Frei Ambrósio, no Esplanada, foram verificados os mesmos problemas de outras vistorias, como problemas estruturais com infiltrações, vidros quebrados, brinquedos do parque danificados, entre outros. Uma das mais graves situações foi vista no mato, que chega a quase meio metro de altura, e pode esconder animais como cobras e aranhas.

O parlamentar também recebeu imagens da Escola Dolaimes Stedile Angeli (Caic), no Santa Fé, que ainda depende da troca do telhado devido a infiltrações.

O vereador acredita que as blitze são positivas e voltarão a acontecer, porque visam a dar condições de trabalho aos funcionários e melhor atendimento aos alunos da rede pública. Ele destaca que mesmo que professores e trabalhadores estejam cumprindo o seu papel e dando a atenção possível às crianças, elas sofrem com a falta de infraestrutura.

"Foram tantas as promessas de campanha do então candidato a prefeito Daniel Guerra para a área da educação infantil que a cada dia vemos que nada tem sido cumprido", destacou Bueno, que integra a Comissão de Educação do Legislativo.

De acordo com Bueno, os problemas são graves e a omissão da prefeitura, evidente: 

"O gestor prometeu escolas verticais, mas sequer consegue administrar e consertar problemas estruturais básicos nessas escolinhas. As crianças estão sob riscos diários. Sem contar as sete escolas municipais fechadas desde 2017, precarizando ainda mais a educação em nosso município, no qual crianças estão tendo aulas até em capela mortuária, como ocorrem em Galópolis".  

10/06/2019 - 16:38
Gabinete do Vereador
Câmara Municipal de Caxias do Sul

As matérias publicadas neste espaço são de total responsabilidade dos gabinetes dos vereadores.

Ir para o topo