Voltar para a tela anterior.

Felipe Gremelmaier critica falta de incentivo ao turismo caxiense durante a Copa América

O vereador disse não ver ações do poder Executivo, voltadas ao setor


O turismo, em Caxias do Sul, foi o tema do vereador Felipe Gremelmaier/MDB, em sessão ordinária desta terça-feira (19/02), no plenário da Câmara Municipal. A 115 dias do início da Copa América de Futebol, que terá cinco jogos em Porto Alegre, o parlamentar criticou a falta de iniciativa do poder público, para receber turistas.

O emedebista falou da expectativa de receber visitantes de 83 países, e que 250 mil ingressos para o evento já foram vendidos. Na ótica do vereador, existe inoperância e falta de visão da secretária do Turismo, Renata Carraro, solicitando que a pasta do município entrasse em contato com embaixadas, fizesse convites oficiais, promovesse oficinas de idiomas e tivesse interesse em colocar Caxias do Sul à disposição, como rota turística do evento.  

Gremelmaier destacou o caso da cidade de Brasília-DF, a qual, segundo o parlamentar, deixará de receber R$ 100 milhões por não ser sede do torneio. Citou, ainda, a alta arrecadação da Copa América do Chile, em 2015, atentando o que Caxias do Sul pode deixar de ganhar, se não investir nessa captação.

Para a vereadora Tatiane Frizzo/SD, precisa-se pensar mais em políticas públicas para o turismo e o esporte, e tornar o município protagonista como um polo turístico, tomando, como exemplo, cidades da região que já promovem esses incentivos. O vereador Renato Oliveira/PCdoB criticou a falta de movimentação da Secretaria Municipal do Esporte e Lazer, em divulgar e promover eventos e atividades do município.

Na ótica do vereador Elói Frizzo/PSB, o governo municipal não percebe a importância do esporte e do turismo, como alternativa, em tempo de crise econômica. Para o socialista, o Executivo não identificou o que cidades da região já perceberam: que o investimento na área turística traz desenvolvimento aos municípios, empregos e recursos.

Frizzo recebeu o apoio de seu correligionário, vereador Alberto Meneguzzi, que ressaltou que o poder Executivo exclui esporte, cultura e turismo de suas pautas. Meneguzzi ainda criticou os casos de corrupção, no Ministério da Cultura.

19/02/2019 - 13:47
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a): Fábio Rausch - MTE 13.707
Redator(a): Pedro Rosano

Ir para o topo