Voltar para a tela anterior.

Thomé demonstra preocupação com carência de emprego e renda na cidade

A burocracia para a criação de empresas e postos de trabalho foi uma das queixas do vereador


O parlamentar Alceu Thomé/PTB ocupou a tribuna do Legislativo caxiense, nesta quinta-feira (29/11), para tratar de uma questão que considera preocupante: a necessidade de maior geração de empregos na cidade. O vereador propôs que haja inovação no plano de governo referente à questão. “A agricultura e o agronegócio só crescerão com uma flexibilização das leis sanitárias e ambientais e com um fortalecimento do cooperativismo entre o produtor e o governo municipal”, entende ele.

Em 2013, quando a crise econômica começou, a Serra Gaúcha possuía cerca de 21 mil postos de trabalho a mais que hoje, são cinco anos sem crescimento na quantidade de empregos, conforme Thomé.

O parlamentar avaliou que a burocracia tem dificultado a criação de empresas e postos de trabalho. Citou ainda, como uma maneira de melhorar o cenário de emprego e renda, o projeto de lei complementar (PLC) 25/2018, de autoria coletiva, que trata da desvinculação entre o habite-se e o alvará de licença. “Acho que isso vai facilitar muito. Há uma série de empresas com vontade de se instalar aqui ou pessoas que já estão aqui e têm essa dificuldade”, explicou.

Em aparte, o vereador Velocino Uez/PDT explicou que o PLC 25/2018 foi protocolado com foco nas demandas que chegam aos gabinetes. Ele ressaltou que o poder público poderia ser flexível em várias situações e, ao mesmo tempo, exigir o cumprimento da lei. “A gente cobra que seja concedido um alvará provisório, mas que, mesmo assim, seja cobrado um habite-se a longo prazo, desde que não inviabilize o negócio”, destacou. A vereadora Gladis Frizzo/MDB também se pronunciou e lembrou do Sistema Simples Digital, que deve propiciar abertura de pequenas empresas em 48 horas.

 

29/11/2018 - 15:21
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a): Vania Espeiorin - MTE 9.861
Redator(a): Franciele Masochi Lorenzett

Ir para o topo