Voltar para a tela anterior.

Programa Jovem Parlamentar 2018 reúne 11 estudantes de Ensino Superior


A 5ª edição da iniciativa ocorreu na tarde desta segunda-feira, no plenário da Câmara


A sessão ordinária simulada do programa Jovem Parlamentar reuniu 11 estudantes de Ensino Superior, na tarde desta segunda-feira (05/11), no plenário do Legislativo caxiense. Neste ano, participaram cinco unidades acadêmicas: Universidade de Caxias do Sul (UCS), Faculdade Murialdo (Famur), UniCesumar, Centro Universitário da Serra Gaúcha/FSG e Uninter.

Estiveram aptos a se inscrever estudantes devidamente matriculados em um curso de Ensino Superior, com idade a partir dos 18 anos. A 5ª edição do projeto incluiu maior integração dos alunos à rotina dos vereadores e das comissões parlamentares da Câmara. O projeto é uma iniciativa da Comissão de Constituição, Justiça e Legislação (CCJL), com o apoio da Escola do Legislativo.

Participaram da plenária o presidente da Câmara, Alberto Meneguzzi, o presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Legislação, Flávio Cassina, o diretor da Escola do Legislativo, Edson da Rosa, e o presidente da Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo, Paulo Périco.

Meneguzzi iniciou dando as boas-vindas e destacou o papel do poder Legislativo para a cidade. Cassina salientou a preocupação que a Câmara tem com os estudantes, através da criação de diversos projetos, entre eles o Vereador por um Dia e o Missão Educativa para a Democracia (MEDIA), além do próprio Jovem Parlamentar.

Edson enalteceu a participação da sociedade, no Parlamento. “O poder Legislativo faz com que os níveis de ensino sejam bem representados, desde o Ensino Fundamental e o Ensino Médio até o Ensino Superior. O objetivo é fazer com que a juventude possa vivenciar a vida de um parlamentar e analisar os aspectos positivos e negativos, sendo um formador de opinião”, afirmou.

Compuseram a Mesa Diretora os estudantes Maurício Adamati, Dagoberto Júnior e Jorge Buffon. As proposições trataram de assuntos, como a melhor inserção do idoso na sociedade, a proibição de doutrinação política e moral nas escolas, a implantação de ciclovias e faixa para corredores, políticas públicas na saúde e a criação de aplicativo como ferramenta da população caxiense.

Na oportunidade, os estudantes também relataram a sua experiência e sugeriram maior divulgação, para que mais pessoas tenham conhecimento do projeto. No final das atividades, receberam das mãos dos vereadores Edson da Rosa e Paulo Périco certificados de participação.
05/11/2018 - 19:09
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a): Fábio Rausch - MTE 13.707
Redator(a): Gustavo Tamagno Martins

Ir para o topo