Voltar para a tela anterior.

Criada a Frente Parlamentar que defenderá a ampliação das obras do Hospital Geral


Proposta apresentada pelo vereador Rafael Bueno foi aprovada por unanimidade na Câmara Municipal


Os vereadores caxienses decidiram na sessão desta quinta-feira (1º/11) aceitaram a proposta apresentada pelo vereador Rafael Bueno/PDT sobre a criação da Frente Parlamentar em Defesa do Término das Obras de Ampliação do Hospital Geral. As obras do novo prédio, que ampliará em mais de 70% a capacidade hospitalar, começaram em 2014, mas pararam por falta de recursos. Para o térmico da construção, que sediará o Hospital Materno-Infantil e permitirá a ampliação da UTI Adulta, são necessários pelo menos R$ 6,5 milhões. Nos próximos dias, os parlamentares se reunirão para decidir os primeiros passos da Frente. A ideia é de que sejam convidados membros de entidades públicas e privadas para compor a equipe de trabalho com o propósito de pressionar, fiscalizar e dar sugestões nas esferas federal, estadual e municipal em apoio a esse pleito.

"Além da questão política, a Frente Parlamentar vai demonstrar a importância do Hospital Geral na formação de profissionais da saúde, como médicos, enfermeiros e técnicos, e principalmente, no campo da pesquisa. Se não for concluído em breve, o custo cada vez mais ficará alto e a estrutura irá se depreciar. Dos sete andares, é urgente que se conclua pelo menos cinco andares, o que possibilitará a abertura de 130 leitos. Imaginem quantas cirurgias poderão ser realizadas se a ampliação do hospital for concluída, sendo que temos na cidade um déficit de pelo menos 7 mil cirurgias? No governo municipal, que deu um calote de R$ 4 milhões no HG, infelizmente nada devemos esperar", destacou Bueno.

O HG e referência para 49 cidades na Serra e completou duas décadas tendo como principal desafio a conclusão da ampliação. O atendimento é 100% gratuito aos pacientes do Sistema Único de Saúde. Com a ampliação, o número de leitos passaria de 137 para 355, com aumento de 20 leitos no UTI adulto, 11 na pediátrica, 10 na neonatal e 96 na internação.

A apreciação do requerimento (93/2018) recebeu o voto unânime do plenário. Assinaram como autores, além de Bueno, os parlamentares Adiló Didomenico/PTB, Alceu Thomé/PTB, Arlindo Bandeira/PP, Kiko Girardi/PSD, Denise Pessôa/PT, Edson da Rosa/MDB, Felipe Gremelmaier/MDB, Flavio Cassina/PTB, Gladis Frizzo/MDB, Gustavo Toigo/PDT, Neri, O Carteiro/SD, Paula Ioris/PSDB, Paulo Périco/MDB, Renato de Oliveira/PCdoB, Ricardo Daneluz/PDT, Rodrigo Beltrão/PT, Velocino Uez/PDT e Wagner Petrini/PDT.

01/11/2018 - 17:06
Gabinete do vereador Rafael Bueno/PDT
Câmara Municipal de Caxias do Sul

As matérias publicadas neste espaço são de total responsabilidade dos gabinetes dos vereadores.

Ir para o topo