Voltar para a tela anterior.

Bueno destaca que prefeitura precisa repassar R$ 4 milhões para as obras do Hospital Geral


Município se comprometeu a empregar verba a partir de fevereiro de 2017, segundo diretor da instituição


Em uma visita proposta pelo vereador Rafael Bueno/PDT e com a presença de 12 parlamentares caxienses, o diretor do Hospital Geral, Sandro Junqueira, mostrou as obras inacabadas do novo prédio, que ampliará em 70% a capacidade hospitalar. Iniciadas em 2014, as obras, paradas por falta de recursos, irão sediar o Hospital Materno-Infantil e permitirão a ampliação do UTI Adulta. Porém, apenas para terminar a estrutura física seriam necessários R$ 6,5 milhões. Junqueira destacou que o município deveria arcar com R$ 4 milhões provenientes de um acordo selado ainda em agosto de 2015, incluindo também o Estado e a Fundação Universidade de Caxias do Sul - que administra o HG -, sendo que os últimos já colocaram o mesmo valor na construção.

Junqueira disse que o ex-prefeito Alceu Barbosa Velho havia repassado a verba, mas depois do acordo feito em 2015 a prefeitura recebeu o valor de volta e se comprometeu em devolver em 12 parcelas mensais, o que acabou acontecendo para ajudar a manter o hospital em funcionamento e evitar a demissão de funcionários. O diretor salientou que ficou definido, então, que o município pagaria os R$ 4 milhões a partir de fevereiro de 2017, em quatro parcelas, estas usadas exclusivamente para a construção do prédio. Isso ainda não foi executado e o prefeito Daniel Guerra não deu respostas a respeito.

Para Bueno, integrante da Comissão de Saúde do Legislativo, a visita ajudou a esclarecer que o término da obra é a melhor solução para ser buscar leitos materno-infantis e adultos e não a construção em outro local. "Ficou evidente que o ex-prefeito Alceu cumpriu sua parte, até mesmo para salvar o HG do caos naquele momento e agora compete ao novo prefeito cumprir a sua parte, conforme foi mostrado aos vereadores pelo diretor do hospital", enfatizou o pedetista.

Referência para 49 cidades na Serra, o HG completou 20 anos tendo como principal desafio o equilíbrio financeiro. O atendimento é 100% gratuito aos pacientes do Sistema Único de Saúde. Com a ampliação, o número de leitos passaria de 137 para 355, com aumento de 20 leitos no UTI adulto, 11 na pediátrica, 10 na neonatal e 96 na internação. O diretor do HG destacou que a obra de ampliação dará um novo alento à saúde pública de Caxias e região. Ele mostrou o prédio que está em construção e avaliou que apenas "com um esforço conjunto entre todos" será possível viabilizar o término da obra, lembrando que a questão do custeio é ainda mais preocupante.

24/07/2018 - 17:41
Assessoria do vereador
Câmara Municipal de Caxias do Sul

As matérias publicadas neste espaço são de total responsabilidade dos gabinetes dos vereadores.

Ir para o topo