Voltar para a tela anterior.

Rafael Bueno critica abandono do setor cultural por parte do Executivo caxiense


O pedetista citou falta de atenção com projeto de ocupação do complexo da antiga Maesa


O tema da ocupação do complexo da antiga Metalúrgica Abramo Eberle S/A (Maesa) voltou a ser tratado no plenário do Legislativo caxiense, na sessão desta quarta-feira (23/05). O vereador Rafael Bueno/PDT também criticou o abandono do setor cultural, por parte do Executivo caxiense. Ele aproveitou a realização da homenagem aos 143 anos da Imigração Italiana, para citar a falta de atenção com relação ao tema.

De acordo com o pedetista, a ocupação do prédio da Maesa está parada há mais de 180 dias. Ainda segundo Bueno, o setor cultural encontra dificuldades, porque o Executivo esquece as pessoas e entidades que construíram o passado e a história de Caxias do Sul. “Nossa história está sendo deixada de lado”, sublinhou.

Na oportunidade, o parlamentar citou o trabalho realizado pelo Legislativo desde 2011, com a Comissão Temporária Especial de Acompanhamento do Processo de Tombamento da Maesa e o apoio da União das Associações de Bairros (UAB), com a anuência do então prefeito José Ivo Sartori (hoje, governador do Estado) e o prosseguimento de Alceu Barbosa Velho (prefeito seguinte). “A comissão denominada 'A Maesa é Nossa' cresceu em adesão. Foram feitas diversas audiências públicas, reuniões e atos culturais, que estimularam a participação da comunitária, em defesa do espaço”, recordou.

Bueno salientou a vitória de todos os setores, quando da doação do patrimônio, que era de posse do governo do Estado do Rio Grande do Sul para o município de Caxias do Sul, em 2015. O parlamentar lembrou o plano de ocupação e recuperação, uso e gestão do prédio, que foi entregue no mesmo ano. “Na proposta, constam 14 itens, como um mercado público, instalação de secretarias municipais, espaço de gastronomia, área cultural, como um grande teatro, entre outros. E isso está esquecido, mas a Maesa é nossa, sim”, reforçou.

Em aparte, o pedetista Ricardo Daneluz enalteceu o trabalho da Câmara Municipal, com relação à Maesa. De acordo com ele, está na hora de o Executivo mostrar resultados do que será feito.

23/05/2018 - 16:14
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a): Fábio Rausch - MTE 13.707
Redator(a): Felipe Michelon Padilha

Ir para o topo