Voltar para a tela anterior.

Tribuna da Câmara recebe movimento comunitário e motoristas da Uber


Além deles, foram divulgados a Universidade do Trabalhador e o seminário do grupo Seicho-No-Ie


Quatro entidades ocuparam o espaço, cedido em acordo dos líderes de bancadas, na sessão ordinária desta quinta-feira (17/05). Representantes do Centro Universitário Unifacvest foram à tribuna do Legislativo caxiense, para divulgarem a parceria recém-concebida com o Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias do Sul, para o estabelecimento da Universidade do Metalúrgico. Na oportunidade, Maria Cecilia Gross e Mírian Nora explanaram sobre a metodologia de ensino, os cursos superiores que a instituição oferece e a possibilidade de ingresso.

Na sequência, Tiago Oliveira, representante dos motoristas do aplicativo Uber, fez uso da palavra. Ele denunciou suposta perseguição psicológica que os condutores vêm sofrendo, sobretudo após a sanção da lei que regulamenta o serviço de transporte individual de passageiros por aplicativo, pelo prefeito Daniel Guerra. Oliveira pediu que os vereadores revisassem a legislação e propusessem emenda para a retirada do artigo que possibilita punição com multa aos motoristas, caso a empresa que gerencia o serviço, nesse caso a Uber, não quitar a taxa mensal com o Executivo. “Pedimos que vocês possam ler, revisar. Queremos nos regularizar, mas não podemos ser multados porque a Uber não está repassando os valores. Funcionários não podem ser punidos por erros da mantenedora”, completou.

O presidente da União das Associações de Bairros (UAB), Valdir Walter, falou sobre os 55 anos da entidade, comemorado no sábado, 19 de maio. Na tribuna, o comunitarista ressaltou as diferentes bandeiras e trabalhos desenvolvidos pelo movimento comunitário de Caxias do Sul, desde 1963. De acordo com ele, a instituição foi ativa na luta contra os pedágios, na busca por melhores condições de habitação popular, na melhoria e manutenção do serviço do transporte coletivo urbano e na instalação do policiamento comunitário, entre outras.

O Seminário da Luz, promovido pelo grupo Seicho-No-Ie de Caxias do Sul, também foi divulgado durante a sessão ordinária. A preletora da filosofia, Joice Mattana, convidou a comunidade a participar do encontro, que será realizado no domingo, 20 de maio, das 14h às 18h30, no Teatro Murialdo. O palestrante, que dará assessoria à reunião, será o preletor nacional, Márcio Gabriel França Silva. “O Seicho-No-Ie não é uma religião, mas uma filosofia. Queremos unificar todas as religiões nesse caminho de luz”, resumiu.

17/05/2018 - 10:50
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a): Fábio Rausch - MTE 13.707
Redator(a): Felipe Michelon Padilha

Ir para o topo