Voltar para a tela anterior.

Merendeiras protestam contra atraso no pagamento


Representante das profissionais de escolas municipais abordou a situação na tribuna do Legislativo


Um grupo de merendeiras de escolas da rede municipal de ensino de Caxias do Sul protestou contra o atraso no pagamento de salários na manhã desta terça-feira (16/01) no plenário do Legislativo. Os vencimentos referentes a dezembro ainda não foram quitados pela FA Recursos Humanos. A empresa, com sede em Porto Alegre, venceu licitação em 2014 e, desde então, tem contrato com a Prefeitura para contratar e pagar as funcionárias.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza e Conversação do município (Sindilimp), Henrique Silva, abordou o assunto na tribuna da Casa, em espaço cedido por acordo de lideranças. Ele pontuou que as 266 merendeiras contratadas pela FA saíram de férias sem o pagamento de dezembro, mas frisou que o Poder Executivo cumpre todos os seus deveres legais de maneira correta.

Silva afirmou que aguarda reunião com a secretária municipal da Educação, Marina Matiello, e solicitou que a Comissão de Educação da Câmara fiscalize a situação das profissionais. “Precisamos buscar soluções e garantir o pagamento dos salários das merendeiras”, declarou.

16/01/2018 - 10:53
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a): Clever Moreira - 8697
Redator(a): Matheus Teodoro

Ir para o topo