Voltar para a tela anterior.

Impostos pautam manifestação do vereador Flavio Cassina


Petebista afirmou que os tributos são menores em nações civilizadas


Os impostos pagos pelos brasileiros foram abordados por Flavio Cassina/PTB, que ocupou o Grande Expediente da sessão desta quinta-feira (07/12). O petebista destacou que, por vocação, as pessoas são contrárias ao aumento dos tributos, pois a carga tributária do país é “asinina” (estúpida).

Cassina pontuou que, quando se aumenta a alíquota, se diminui a base tributária e, consequentemente, a arrecadação. Quando acontece o contrário, na medida em que a diminuição das alíquotas ocorre, a base sobe, assim como a arrecadação. “Baixar impostos é o mecanismo adotado em países civilizados”, disse.

Nesse sentido, o parlamentar repercutiu a reforma tributária apresentada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A inIciativa prevê o corte de US$ 1,4 trilhão em impostos nos próximos 10 anos e foi aprovada pelo Senado americano no último sábado (02/12).

O vereador lamentou que, no Brasil, não haja a cultura da poupança. Citou que, aqui, 613 mil pessoas guardam seu dinheiro, sendo que a atual população está estimada em 207 milhões. Já, nos Estados Unidos, o número de pessoas que poupam chega a 150 milhões, ou seja, quase a metade dos habitantes, cujo total estimado atualmente é de 323 milhões. A respeito da economia, Cassina também defendeu que o Estado tenha uma participação “ideal”, que, na sua opinião, deve se aproximar do mínimo.

07/12/2017 - 11:35
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a): Vania Espeiorin - MTE 9.861
Redator(a): Matheus Teodoro

Ir para o topo