Voltar para a tela anterior.

Conselheiros tutelares pedem mudança na classificação de seus cargos


Iniciativa da prefeitura prevê a retirada de auxílio-alimentação aos cargos comissionados, o que incluiria os integrantes de CTs


O conselheiro tutelar Luiz Antônio Mazzola ocupou a tribuna do Legislativo caxiense em espaço cedido por acordo de lideranças partidárias, na sessão ordinária desta quinta-feira (07/12). Mazzola fez menção ao Projeto de Lei Complementar 37/2017 (PLC), de autoria do Poder Executivo, que prevê a extinção do auxílio-alimentação aos cargos comissionados ou de confiança (CCs), o que atingiria também a sua categoria. O profissional também mencionou a possibilidade de perda do vale-transporte.

No município, os conselheiros são classificados como CCs, embora eletivos. Nesse sentido, Mazzola pediu que os poderes façam a diferenciação correta de ambos. Pontuou que os CCs podem ser admitidos ou demitidos a qualquer momento por representantes políticos, enquanto os conselheiros são eleitos pela população, ocupando o cargo por, pelo menos, quatro anos.

Para Mazzola, a retirada dos benefícios seria um retrocesso para os trabalhadores.

07/12/2017 - 09:53
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a): Vania Espeiorin - MTE 9.861
Redator(a): Matheus Teodoro

Ir para o topo