Voltar para a tela anterior.

UAB busca permanência de ciganos em Caxias


Diretor de etnias da União das Associações de Bairros discursou que o Executivo tratou questão com desrespeito


           A instalação de ciganos da etnia calon em Caxias do Sul foi tema na tribuna durante a sessão desta terça-feira (14/11), na Câmara Municipal, em cedência de espaço por acordo entre lideranças.

            O diretor de etnias da União das Associações de Bairros (UAB), Anderson Cambraia, relatou que a entidade foi procurada pelos ciganos. Eles buscavam permanecer na cidade, mas foram tratados de maneira desrespeitosa por órgãos públicos, além de questão se arrastar durante todo o mês de outubro, segundo Cambraia.

O dirigente destacou que a Defensoria Pública e a Prefeitura Municipal foram contatadas, entretanto, a orientação dada foi que os ciganos procurassem a Justiça, caso quisessem se instalar na cidade.

            Conforma Cambraia, com a falta de diálogo do Poder Executivo, a UAB tem se tornado uma espécie de subprefeitura da cidade, pois recebe demandas e tenta resolvê-las de forma pacífica. Anderson enfatizou que o caso foi encaminhado ao Ministério Público Federal.

 

14/11/2017 - 11:44
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a): Clever Moreira - 8697
Redator(a): Franciele Masochi Lorenzett

Ir para o topo