Voltar para a tela anterior.

Adiló apresenta respostas do Executivo sobre demandas


Lideranças comunitárias fizeram solicitações em maio, em reunião do Câmara vai aos Bairros


O vereador Adiló Didomenico/PTB apresentou, nesta quinta-feira (19/10), o retorno da Coordenadoria de Relações Comunitárias (CRC) às demandas apresentadas por lideranças de bairros e loteamentos de Caxias do Sul na mais recente reunião do Câmara vai aos Bairros. O encontro ocorreu em 6 de maio, na sede da União das Associações de Bairros (UAB).

Naquela reunião, coordenada pela Comissão de Legislação Participava e Comunitária (CLPC), presida por Adiló, 15 Associações de Moradores de Bairros (Amobs) apresentaram problemas e pediram soluções. As solicitações foram repassadas para a CRC, que as encaminha para autarquias e secretarias municipais responsáveis, além do próprio gabinete do prefeito.

Entre as respostas positivas dadas pelo Poder Executivo à comunidade está a realização de um estudo técnico para a cobertura das canchas de areia de futevôlei e vôlei do Parque dos Macaquinhos, solicitada pelo presidente da Amob Exposição, Lucas Diel.

O pedido de abertura imediata da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Norte, apresentada pelo presidente da Amob Santa Fé, Hélio Braz, também foi atendido. Amanhã, a Unidade completa um mês de funcionamento.

Hélio também solicitou uma ação conjunta entre os governos municipal e estadual em prol da reabertura do Quartel do Corpo de Bombeiros da Zona Norte. A CRC informou que se reuniu, junto da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social (SMPPS), com o coronel dos Bombeiros no município, Cléber Pereira. Cléber relatou que a abertura depende do aumento de efetivo, o que ele espera que ocorra em 2018. A Prefeitura sugeriu que a corporação disponibilize uma viatura no Quartel, pelo menos durante o dia.

A comunitarista Miriam Machado, que preside a Amob Euzébio Beltrão de Queiroz, comunidade da área central, não teve o retorno de três demandas que apresentou durante o Câmara vai aos Bairros: maior atenção à segurança pública, considerando os altos índices de criminalidade na região conhecida como Zona do Cemitério; melhorias na coleta de lixo por parte da Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca); e auxílio em materiais escolares a crianças carentes que estão em falta, por parte da Secretaria Municipal da Educação (Smed).

Adilo afirmou ter percebido a demora e a falta de agilização dos processos por parte do Executivo. Citou, por exemplo, a delonga na poda de árvores, que só é feita depois da apresentação de documentos do morador solicitante no setor de Praças, Parques e Jardins (PPJ) da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMMA). O petebista sugeriu ao líder de governo, vereador Chico Guerra/PRB, que a Prefeitura facilite o acesso dos cidadãos aos pedidos.

Em aparte ao petebista, Edson da Rosa/PMDB manifestou-se a respeito de indicações feitas pelos parlamentares. Afirmou que elas se referem aos pedidos de moradores, que chegam aos gabinetes, e que o intermédio entre a população e a Prefeitura é função do Legislativo. 

19/10/2017 - 11:29
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a): Clever Moreira - 8697
Redator(a): Matheus Teodoro

Ir para o topo