Voltar para a tela anterior.

Adiló Didomenico alerta para prejuízo de público com rigor de fiscalização na Feira do Agricultor


O vereador comentou que, em situação semelhante, Estrela perdeu comércio para Lajeado


Riscos de perda de público e o consequente prejuízo econômico foram apontados pelo vereador Adiló Didomenico/PTB, na sessão ordinária desta quarta-feira (09/08). O parlamentar ressaltou que os problemas poderão ocorrer se a Feira do Agricultor passar a sofrer com rigor de fiscalização. Contou que, em situação semelhante, Estrela perdeu consumidores de produtos coloniais para Lajeado. “Aqui, poderá acontecer o mesmo em relação a Farroupilha, que ficaria com esse nicho do comércio, hoje ainda praticado em Caxias do Sul”, explicou.

Adiló considerou absurda recente posição da Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, de pôr em dúvida a procedência dos produtos dos feirantes. “Quem vai responder pelo prejuízo? Colocaram mais de dez toneladas de queijo no aterro sanitário, em condições de consumo”, lamentou. Para ele, deveria haver bom senso.

No decorrer da sua manifestação, o vereador Adiló também discordou da possibilidade de extinção do policiamento comunitário. Lembrou que sempre pediu maior controle do programa, mas, jamais o seu fim. “É um programa que vem dando certo. O custo para substituir a Brigada Militar pela Guarda Municipal, no formato de policiamento, seria muito elevado à Prefeitura e não teria a mesma eficiência”, criticou.

09/08/2017 - 14:17
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a) e Redator(a): Fábio Rausch - MTE 13.707

Ir para o topo