Voltar para a tela anterior.

 Adiló pede a criação de empresa pública para cuidar da fiscalização


 Adiló pede a criação de empresa pública para cuidar da fiscalização


O vereador Adiló Didomenico (PTB) apresentou indicação ao Executivo sugerindo a realização de um estudo sobre a viabilidade de o Município criar uma empresa pública para fiscalização de trânsito nas ruas do Município. O modelo proposto, com quadro de funcionários celetistas, substituiria o formato atual, em que a fiscalização é realizada por servidores estatutários.

"Esse modelo é oneroso ao Município, uma vez que a remuneração desse servidor é muito superior ao que seria o custo de um servidor enquadrado como celetista", argumenta o vereador, na indicação protocola nesta quinta-feira.

O texto acrescenta: "Além do mais, esse custo se estende para além do tempo de atividade desse servidor. Os gastos das aposentadorias de servidores públicos têm um peso cada vez maior nas contas públicas, como se vê em âmbitos estadual e nacional, e tende a se tornar um problema nos municípios. Com a criação de uma empresa pública, com funcionários celetistas, evita-se esse problema."

No plenário, Adiló defendeu a proposta. Lembrou que no ano passado já havia feito indicação, sugerindo à Secretaria Municipal de Transporte, Trânsito e Mobilidade (SMTTM) que formalizasse um convênio para a Brigada Militar assumir a tarefa de fiscalizar o trânsito no município. No texto daquela indicação, o petebista já sugeria, como alternativa, a criação da empresa pública para realizar o serviço, a exemplo do ocorre em outras cidades.

"Acho que Caxias ainda está num porte em que podemos tomar um outro rumo, adotar um outro modelo antes que seja tarde. Então fica essa indicação, que não interfere, não muda os atuais servidores, que têm o seu direito preservado, garantido", disse.

Em aparte, a vereadora Paula Ioris (PSDB) elogiou Adiló pela indicação. Lembrou a situação de outras cidades, como Porto Alegre, cuja prefeitura corre o risco de ter de parcelar salários. "É importante a gente olhar alternativas para impedir que Caxias tenha esse futuro", afirmou.

20/04/2017 - 15:36
Gabinete do Vereador Adiló Didomenico
As matérias publicadas neste espaço são de total responsabilidade dos gabinetes dos vereadores.

Ir para o topo