Voltar para a tela anterior.

Paula Ioris defende presídio federal em Caxias do Sul


Vereadora está preocupada que a Prefeitura não se candidatou para receber obra


A vereadora Paula Ioris/PSDB defende a candidatura de Caxias do Sul para receber obra de presídio federal a ser construído no Rio Grande do Sul com recursos do governo federal. O presidente Michel Temer anunciou em janeiro a construção de 25 presídios federais que contam com verba de 900 milhões de reais no total. Aproximadamente vinte cidades gaúchas já entraram na disputa. A decisão do local passa pelo governo do Estado que vai analisar os projetos dos municípios interessados. Entretanto, Paula está preocupada que a Prefeitura Municipal de Caxias do Sul corre o risco de perder os prazos para inscrição junto à Secretaria de Segurança Pública do RS porque ainda não se candidatou para receber o investimento, segundo fala do secretário Cezar Schirmer em encontro fechado com os vereadores na CIC, na segunda-feira (13).

Na sessão ordinária desta terça-feira (13), a parlamentar contestou a fala de alguns colegas vereadores contrários à ideia de construção de presídios por entenderem que a solução no combate à criminalidade está na prevenção, via educação. Paula, reconhece a importância da prevenção e destaca que a prevenção é o terceiro pilar que compõe o tripé do trabalho da Comissão Temporária Especial para o Enfrentamento da Violência da Câmara, presidida por ela. Inclusive, pessoalmente ela trabalho o assunto há cinco anos com o Projeto Fazer o Bem no Dia 24, iniciativa com foco educacional realizada em parceria com o Programa Cipave (Comissões Internas de Prevenção de Acidentes e Violência Escolar)nas escolas municipais e agora iniciando nas estaduais.

Entretanto, a vereadora defendeu que se o Estado não for competente para punir os infratores, as crianças e os jovens vão crescer vendo com os próprios olhos, apesar dos investimentos na educação, que “não dá nada”. Na concepção da tucana, a punição e a educação se complementam e devem andar juntas. “Nós temos que reconhecer que nós estamos com um problema de violência sério, com uma impunidade severa. Para termos uma política carcerária efetiva e digna, nós precisamos ter espaço. Não vamos ser excludentes, uma luta (segurança) não exclui outra (educação). Precisamos de unidade para resolver nossos problemas”, opinou.

14/03/2017 - 15:52
Gabinete da Vereadora Paula Ioris/PSDB
As matérias publicadas neste espaço são de total responsabilidade dos gabinetes dos vereadores.

Ir para o topo