Meneguzzi reafirma necessidade de roçada e capina da ERS-122 no perímetro entre Caxias do Sul e Farroupilha


Vereador protocolou nova indicação que reforça a importância de convênio imediato entre prefeitura e Daer


O vereador Alberto Meneguzzi/PSB protocolou, nesta sexta-feira (10/03), uma nova indicação na qual sugere e reafirma a necessidade de um convênio entre o Executivo municipal e o governo do Rio Grande do Sul para a roçada e manutenção vegetal da ERS-122, no perímetro caxiense. “Não consigo entender qual a dificuldade do Daer em fazer uma manutenção corriqueira para manter os canteiros sem mato”, salienta o vereador.

O parlamentar alerta para o descaso do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem do Rio Grande do Sul (Daer/RS), com a vegetação dos canteiros centrais, retornos e pistas adjacentes da ERS-122. Preocupado com a segurança de motoristas e pedestres, além da via ser uma das entradas de Caxias do Sul, o Meneguzzi já havia protocolado sugestão desse convênio no início de fevereiro.

A proposição do vereador é de que a Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) faça a roçada e a manutenção vegetal dos canteiros, retornos e passeios públicos adjacentes à ERS-122, no perímetro entre Caxias do Sul e Farroupilha. “Já que o Daer é ineficiente, a prefeitura deve assumir esse papel, até porque é muito feio entrar numa cidade com um matagal desses”, reitera. A questão principal, no entanto, não é estética, mas a segurança.

Em uma rápida passagem pela rodovia, ainda no início de fevereiro o parlamentar percebeu que a vegetação cobre placas de sinalização, locais destinados à passagem de pedestres, dificulta retornos e conversões, além de invadir paradas de ônibus. Novamente, na manhã desta sexta-feira, o vereador circulou pelo trecho caxiense da rodovia, que vai até a antiga praça de pedágio de Farroupilha e constatou que houve um início de trabalho, que parou próximo ao Shopping Iguatemi e não foi levado adiante.

“Ouvi do prefeito Guerra/PRB que se está pensando num possível convênio. Até foi proposto, mas a prefeitura quer um imóvel do Estado em contrapartida. Tudo está em tratativas, mas nada se fez. Não podemos tratar esse assunto como qualquer coisa. É segurança, e passando pelo trecho, pudemos perceber que a situação é complicada, por isso sugerimos a criação desse convênio de forma imediata e constante. Temos que dar segurança seja para os motoristas, seja para os pedestres. É triste ter de pedir o óbvio e bater sempre na mesma tecla”, aponta o vereador.

No documento, o vereador fala do status de Caxias do Sul de ser a quinta cidade mais limpa do Brasil e pede soluções. “Caxias é a quinta cidade mais limpa do Brasil, mas um matagal desse tipo na entrada da cidade desmoraliza. Proponho, portanto, que esse convênio não seja passageiro, mas permanente”, exprime a indicação.

Entrevistas: Alberto Meneguzzi - (54) 9 9185-7934

13/03/2017 - 11:34
Gabinete do Vereador Alberto Meneguzzi/PSB
Câmara Municipal de Caxias do Sul

As matérias publicadas neste espaço são de total responsabilidade dos gabinetes dos vereadores.

Ir para o topo