Discutida a entrega do Título de Cidadão Caxiense para o jornalista Marcos Fernando Kirst

A autoria da matéria é coletiva e retornará para nova discussão e votação

O projeto de decreto legislativo 1/2020 esteve em pauta, durante a sessão ordinária desta quinta-feira (02/07). O PDL busca conceder o Título de Cidadão Caxiense para o jornalista e escritor Marcos Fernando Kirst. A autoria é coletiva e foi proposta pelo vereador Alberto Meneguzzi/PSB. A matéria retorna à pauta, para nova discussão e votação.

Marcos Fernando Kirst é natural de Ijuí (RS), mas em 1992 radicou-se em Caxias do Sul. Kirst é formado em Comunicação Social (Habilitação em Jornalismo) pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Além de comunicador, também é escritor e tem 23 obras publicadas, sendo 14 delas focadas no resgate histórico e/ou biográfico de temas relacionados ao município de Caxias e a Serra gaúcha.

As obras literárias do jornalista são ganhadoras de importantes prêmios da literatura gaúcha. O livro “A Sombra da Clara” conquistou os prêmios “Açorianos de Criação Literária” (2014) e “Vivita Cartier” (2016). “Em silêncios”, uma de suas obras de poesias, recebeu o prêmio de Obra Literária no “Concurso Anual Literário” de Caxias do Sul. “O Ocaso da Colombina”, lançado em 2019, retrata a trajetória da curta e breve vida da poetisa gaúcha Vivita Cartier.

No jornalismo, Kirst acumula mais de 30 anos de trajetória, já tendo passado por jornais diários e semanais, além de ter sido editor do caderno Sete Dias do Jornal Pioneiro. Em 2019 foi agraciado com o prêmio Associação Rio-Grandense de Imprensa Serra gaúcha (ARI-Serra gaúcha), no quesito Jornalismo Imprenso e Digital.

02/07/2020 - 14:47
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor: Fábio Rausch - MTE 13.707
Redator: Lucas de Souza Marques
O futuro homenageado tem 23 obras publicadas

O futuro homenageado tem 23 obras publicadas

Crédito: Silvana Toazza/divulgação