Presidente da Câmara promulga lei que permite animais em visita hospitalar

Ato conduzido pelo presidente Flavio Cassina contou com a presença do proponente da matéria, vereador Kiko Girardi/PSD

O presidente do Legislativo caxiense, Flavio Cassina/PTB, promulgou, nesta terça-feira (08/01), o projeto de lei (PL) que permite a entrada de animais de estimação em hospitais públicos e particulares, para acompanhar visitas aos pacientes internados.

No ato, realizado na Sala de Reuniões da Presidência da Câmara, também estiveram presentes o proponente da matéria, parlamentar Kiko Girardi/PSD, e os demais integrantes da Mesa Diretora: vereadores Paula Ioris/PSDB (1ª vice-presidente), Ricardo Daneluz/PDT (2º vice-presidente), Edson da Rosa/MDB (1º secretário) e Alberto Meneguzzi/PSB (2º secretário). Ainda acompanharam a assinatura da nova lei a diretora-geral da Casa, Grégora Fortuna dos Passos, e a diretora Legislativa, Eliana Tedesco.

Aprovada na sessão ordinária do dia 13 de novembro de 2018, a proposição (PL 127/2017) em forma de substitutivo foi encaminhada ao Executivo para sanção. O prefeito Daniel Guerra/PRB, entretanto, não se manifestou. Diante do silêncio do chefe do Executivo, coube ao presidente da Câmara a promulgação.

O autor da matéria, parlamentar Kiko Girardi/PSD, afirmou que esse projeto foi debatido na comunidade e que havia grande aceitação. “Fiquei surpreso pelo prefeito silenciar, mas fico feliz que o presidente Cassina tenha decidido promulgar”, comemora o vereador.

Entre outros pontos, a lei especifica que, para a visita hospitalar, os animais de estimação deverão estar com a vacina em dia e higienizados, e com laudo veterinário que ateste boa condição. Além disso, o médico responsável pelo paciente deve autorizar a visita, que deve ser agendada nos hospitais.

 

08/01/2019 - 19:41
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor: Vania Espeiorin - MTE 9.861
Redator: Gabriela Bento Alves
Mesa Diretora acompanha promulgação de proposta de autoria do vereador Kiko Girardi/PSD (à esquerda)

Mesa Diretora acompanha promulgação de proposta de autoria do vereador Kiko Girardi/PSD (à esquerda)

Crédito: Gabriela Bento Alves