Comissão da Câmara recebe balanço de atividades da Gerência Regional do Ministério do Trabalho

Vanius Corte reiterou pedido por atenção às condições de atuação de cada trabalhador

Um balanço de atividades foi apresentado à Comissão de Constituição, Justiça e Legislação (CCJL), pelo gerente regional do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Vanius Corte. Ele participou de reunião, na tarde desta quarta-feira (11/07), na sala das comissões do Legislativo caxiense, a convite do vereador Flavio Cassina/PTB, que preside a comissão e conduziu o encontro. Na oportunidade, Vanius reiterou pedido por maior atenção às condições de atuação de cada trabalhador. Informou que, de janeiro a junho de 2018, foram 27 embargos e interdições. “É um dos registros mais baixos dos últimos anos”, referiu.

O gerente regional traçou um panorama das 1.145 ações fiscais do primeiro semestre deste ano: empregados identificados sem registro (638); FGTS notificado/recolhido (R$ 15.039.000,00); menores de 18 anos afastados das funções (47); aprendizes inseridos (671); pessoas com deficiência inseridas (93); autos de infração lavrados (2.090).

De acordo com Vanius, a Gerência Regional do MTE abrange 43 municípios, com população estimada de 1.183.844 habitantes e 41.579 empregadores. O atual quadro de funcionários do órgão conta com dois servidores e uma estagiária, 13 auditores-fiscais, além de terceirizados, como vigilância e limpeza.

Além do vereador-presidente Flavio Cassina/PTB, integram a Comissão de Constituição, Justiça e Legislação os vereadores Alceu Thomé/PTB, Edi Carlos Pereira de Souza/PSB, Paula Ioris/PSDB e Paulo Perico/PMDB. Também participaram da reunião de hoje os vereadores Edi Carlos Pereira de Souza/PSB, Felipe Gremelmaier/PMDB, Paula Ioris/PSDB e Paulo Perico/PMDB.

11/07/2018 - 17:20
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor: Fábio Rausch - MTE 13.707
Redator: Fábio Rausch - MTE 13.707
De janeiro a junho de 2018, o órgão realizou 27 embargos e interdições

De janeiro a junho de 2018, o órgão realizou 27 embargos e interdições

Crédito: Franciele Masochi Lorenzett