Lideranças debatem gestão municipal, financiamento estudantil e sistema viário

Defenderam suas ideias no espaço de líderes: Rafael Bueno/PDT, Renato Oliveira/PCdoB, Paulo Périco/PMDB, Edson da Rosa/PMDB, Arlindo Bandeira/PP e Renato Nunes/PRB

Lideranças de bancada debateram gestão municipal, financiamento estudantil e sistema viário, durante a plenária do Parlamento caxiense desta quinta-feira (08/02). Defenderam suas ideias no espaço de líderes: Rafael Bueno/PDT, Renato Oliveira/PCdoB, Paulo Périco/PMDB, Edson da Rosa/PMDB, Arlindo Bandeira/PP e Renato Nunes/PRB.

O pedetista Rafael Bueno/PDT depreciou a entrevista coletiva que o prefeito Daniel Guerra/PRB concedeu na última quarta-feira (07/02) sobre um ano de gestão à frente do município de Caxias do Sul. Segundo o pedetista, o chefe do Executivo teria citado obras que se iniciaram no governo anterior, do então prefeito Alceu Barbosa Velho/PDT.

“A Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Cristo Redentor está pronta há um ano e dois meses e até agora não começou a funcionar. O prefeito Alceu deixou (praticamente) pronta e era só o prefeito Daniel Guerra terminar. Agora, dizem que a obra é deles. Numa coletiva fajuta, de parlapatão (mentiroso), quer passar uma falsa ilusão (à comunidade). Tem também o projeto do Ecoparque que é da administração anterior, além dos projetos das UBSs São Vicente e Reolon, que foram aprovados no Orçamento Comunitário (OC), ou seja, estamos falando de continuidade, só precisam dar o nome das pessoas (que fizeram os projetos)”, cobrou Bueno.

O vereador Renato Oliveira/PCdoB também mencionou obras na região do Mattioda e Reolon, cujos valores já estariam disponíveis e seria só necessário o acompanhamento do município durante a execução. Oliveira aproveitou a declaração de líder para questionar mudanças que o Planalto anunciou para o Financiamento Estudantil (Fies), as quais receberam críticas, inclusive da reitoria da Universidade de Caxias do Sul, a qual não aderiu ao fundo do Fies.

De acordo com o parlamentar, a partir da Medida Provisória 785, encaminhada pelo governo federal, antes, era a União que bancava o financiamento e, agora, serão as grandes corporações. Entre as alterações no Fies para 2018, estão: abertura de 100 mil vagas com juro real zero para os estudantes; fim da carência para o pagamento das parcelas após o término do curso; e criação de um fundo para subsidiar o programa, mantido pelas instituições de ensino e pelo governo.  “A UCS e as demais universidades comunitárias foram todas prejudicadas e os alunos também serão”, lamenta Oliveira.

Presidente da Comissão de Educação da Câmara, parlamentar Paulo Périco/PMDB cumprimentou Oliveira por abordar o assunto. “Temo o impacto que as mudanças vão gerar nos estudantes. Somente as grandes corporações vão conseguir manter o Fies porque podem dar o crédito”, frisou, considerando uma irresponsabilidade as novas modificações que o governo federal estabeleceu. Também membro da Comissão de Educação, o parlamentar Edson da Rosa/PMDB propôs aos integrantes do grupo emitirem um comunicado demonstrando insatisfação com as novas medidas.

Ainda no espaço de líderes, o vereador Arlindo Bandeira/PP manifestou sua posição contrária ao veto total do Executivo ao projeto de lei 62/2017, de autoria do parlamentar Rodrigo Beltrão/PT e que busca estender a vida útil do transporte escolar na cidade por mais cinco anos.  Por fim, o vereador Renato Nunes/PR mostrou um vídeo em que o ex-prefeito Alceu Barbosa Velho/PDT (2013-2016) apresenta a Estrada do Futuro, que faria o contorno sul. “Isso é que é estelionato eleitoral. Faz promessa e não cumpre. Promete a UPA (Unidade de Pronto Atendimento Zona Norte), depois, em entrevista, diz que não vai abrir porque não tem dinheiro. Não fizeram e nem pediram desculpas ao povo. Já o prefeito Daniel Guerra/PRB conseguiu abrir com (economia gerada pela) redução de cargos em comissão”, afirmou o republicano, informando que trará ao plenário outros vídeos na mesma linha.

 

 

08/02/2018 - 16:09
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor: Vania Espeiorin - MTE 9.861
Redator: Vania Espeiorin - MTE 9.861
Ambiente da plenária desta quinta-feira (08/02)

Ambiente da plenária desta quinta-feira (08/02)

Crédito: Matheus Teodoro