Projeto de Toigo que incentiva agricultura ecológica em escolas tramita na Câmara

Iniciativa que promove o plantio nos colégios é destaque no jornal Folha de Caxias

Propostas que incentivem as boas práticas dentro da escola integram as diretrizes de trabalho do vereador Gustavo Toigo/PDT. Na sessão ordinária desta quarta-feira (13/09), o parlamentar repercutiu o projeto de lei PL 44/2011, que institui o programa Agricultura Ecológica começa na Escola. A iniciativa também é destaque no jornal Folha de Caxias desta quarta.

O objetivo é que os colégios façam bom uso de espaços livres para o plantio de hortaliças, árvores frutíferas, plantas medicinais e ornamentais, dentre outras. Com isso, espera-se promover a educação e a preservação do meio ambiente, além de incentivar os estudantes a manter hábitos saudáveis. Os alimentos produzidos poderão complementar a merenda escolar e até ser distribuídos às famílias, caso haja excedente.

Ações como essa já existem em algumas escolas, como a São Vicente de Paulo. A instituição conta com apoio do poder público para manter o plantio, o que corrobora a necessidade de programas que estimulem a prática. A expectativa é de que o projeto de Toigo seja votado ainda em 2017, para que entre em vigor no próximo ano letivo.

Outro projeto de lei ligado à educação e proposto pelo parlamentar é o Reciclagem na escola tem valor (PL 132/2017), que incentiva a coleta e comercialização de resíduos para criação de consciência ambiental e aplicação dos recursos obtidos em melhorias nos colégios.

Instigas as boas práticas não é obrigação apenas da escola, mas da comunidade como um todo e também do Legislativo. Nossa intenção é contribuir para uma educação consciente e de qualidade”, aponta o pedetista.

13/09/2017 - 13:53
Gabinete do Vereador Gustavo Toigo/PDT
Câmara Municipal de Caxias do Sul

As matérias publicadas neste espaço são de total responsabilidade dos gabinetes dos vereadores.
Toigo em visita à escola São Vicente de Paulo

Toigo em visita à escola São Vicente de Paulo

Crédito: Luiz Carlos Erbes, Divulgação, Banco de Dados