Alberto Meneguzzi cobra a Prefeitura pela falta de efetivo retorno a indicações

Neste ano, o vereador já encaminhou 181 pedidos de providências ao Executivo

A falta de efetivo retorno da Prefeitura Municipal a indicações de sua autoria foi alvo de críticas do vereador Alberto Meneguzzi/PSB. Na sessão ordinária desta terça-feira (12/09), o parlamentar contou que, neste ano, já encaminhou 181 pedidos de providências ao Executivo. Ele enumerou 31 delas, apontando suposto descaso da Administração, na atenção às demandas apresentadas pelos vereadores. Até o momento, o Legislativo caxiense gerou 1.368 solicitações, na média de 171 por mês.

Uma das indicações requisitou atenção à Casa da Cidadania, quanto a novo espaço que dispusesse de acessibilidade. “Não recebemos qualquer resposta. Os conselhos foram retirados da Casa. Não seguiram a um pavilhão sem janelas, próximo à Secretaria do Meio Ambiente”, lamentou. Meneguzzi também não obteve resposta acerca da sua sugestão, para alteração do logradouro do ponto de safra, da Rua Bento Gonçalves para a Avenida Júlio de Castilhos, junto à Praça Dante Alighieri.

Outra medida proposta pelo socialista se voltou à elaboração de um convênio com o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER/RS), para a manutenção e a conservação da vegetação dos canteiros centrais e das pistas laterais da Rodovia ERS-122. A sinalização do vereador havia sido ao Executivo e à Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca).

O parlamentar comentou que, após ouvir do secretário de Governo Municipal que a pauta era prioridade, verificou que nada de prático ocorreu, com relação a uma indicação à Secretaria de Obras e Serviços Públicos. Explicou que se tratava de pedido de solução de problemas de calçamento e esgoto, na Rua Professora Maria Pedroso Bohrer, 560, no Bairro Santa Catarina. Relatou pendência quanto à Festa da Uva, para que, no período do evento de 2018, houvesse a organização de feira para os artesãos.

No decorrer do seu pronunciamento, Meneguzzi ainda citou recentes episódios, em que autoridades da Prefeitura desmereceram a atuação dos vereadores. Para ele, caberia maior respeito ao poder Legislativo. Atentou para os chamados analfabetos políticos que, pela internet, desprezam instituições e atores da vida pública.

12/09/2017 - 10:46
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor: Fábio Rausch - MTE 13.707
Redator: Fábio Rausch - MTE 13.707
Vereador Alberto Meneguzzi

Vereador Alberto Meneguzzi

Crédito: Franciele Masochi Lorenzett