Agricultores ajudam na poda dos parreirais da Câmara Municipal de Caxias do Sul

A equipe foi coordenada pelo vereador Velocino Uez/PDT, que neste ano cuidará para que as videiras se desenvolvam saudáveis para a próxima safra

Um grupo de agricultores auxiliou na poda das parreiras que ornamentam o prédio do Legislativo caxiense, nesta sexta-feira (11/08). A equipe foi coordenada pelo vereador Velocino Uez/PDT, que neste ano cuidará para que as videiras se desenvolvam saudáveis e permitam uma boa safra. Participaram do trabalho de poda nesta manhã os produtores rurais Francisco Dal Corno, Ari Formolo e Remiro Matté, todos da Linha Mirambel, na 4ª légua, interior de Caxias.

Velocino explica que a poda consiste na retirada de ramos desnecessários para que, depois, novos brotos venham bonitos e mais férteis, para gerar uvas saborosas. “Tiramos os galhos velhos para não sobrecarregar a parreira. É deixado apenas um, que é o principal. Com espaço, surgem novos ramos e eles vão sustentar os cachos de uva que vão nascer mais adiante”, detalha.

O vereador agradeceu muito os produtores que reservaram um tempo do seu dia para vir até a Câmara e colaborar nos cuidados com as videiras. Agraciado pelo Legislativo com o título de Agricultor do Ano 2010, Francisco Dal Corno está com 84 anos e segue atuante na viticultura. “Continuo na lida e sou muito feliz por trabalhar ainda”, destaca, acrescentando que, se os parreirais da Câmara forem bem cuidados e o clima ajudar, a próxima colheita será excelente.

Anualmente, a produção nos vinhedos do Legislativo Municipal varia de 500 a 700 quilos de uva isabel. A fruta é consumida pela comunidade e pela equipe funcional da Casa.

O projeto do prédio com parreiras foi concebido pelo arquiteto João Alberto Marchioro, que venceu um concurso público realizado em 1983, para escolha do anteprojeto de arquitetura do prédio da câmara. O profissional planejou a estrutura valorizando também a uva, que é a fruta símbolo da cidade. O prédio foi inaugurado em 22 de novembro de 1996.

Os parreirais também servem de quebra-sol no verão, quando as folhas estão verdes e cheias de vida, deixando o ambiente mais ameno e com menos calor. Já, no inverno, quando as folhas caem, a parreira facilita a entrada de luz natural, ajudando a aquecer quem trabalha ou circula pelos diferentes setores.

11/08/2017 - 16:55
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor: Vania Espeiorin - MTE 9.861
Redator: Vania Espeiorin - MTE 9.861
Agricultores do interior caxiense durante a poda das videiras, no Legislativo

Agricultores do interior caxiense durante a poda das videiras, no Legislativo

Crédito: Luiz Erbes, divulgação